Planejamento de Ensino, plano de aula, Projeto Político Pedagógico… afinal, é mesmo preciso planejar tanto?

Tempo de leitura: 3 minutos

Há quem acredite que o trabalho do professor é ensinar. Outros já afirmam que o professor educa. Só quem está na sala de aula, quem teve formação para isso, e quem convive diariamente com os afazeres docentes é que sabe. Ser professor é fazer tudo isso e muito, mas muito mais. Planejamento de ensino, plano de aula, projeto, diários, relatórios, avaliação… olhando de fora, parece simples: até se diz que o professor dá aula!

Planejamento de ensino

Cada vez que alguém me pergunta se dou aula, respondo que “não: eu vendo, por menos do que eu mereço e bem menos do que posso gastar”.

Mas isso é só para descontrair. O trabalho do professor é como o de um atleta de ponta: a diferença é que nossa maratona é diária. Precisamos estar constantemente preparados e não podemos deixar nenhuma atividade para trás.

Além de todas essas atividades, há algumas que acabamos negligenciando. São justamente aquelas que podem nos ajudar em nosso trabalho. Sempre primamos pelo que é necessário para os alunos. No pouco tempo que temos para dar conta de tudo, o que fica para trás é sempre o que seria para nós.

Afinal, precisa, mesmo?

Quem está em sala de aula sabe que planejar não é imprescindível. Justamente porque a gente sabe ensinar sem plano, acabamos trabalhando mais e nos desgastando muito.

Todo planejamento, plano e projeto auxiliam, e muito. Em casa, uma lista faz com que a gente vá às compras mais rápido, porque não precisamos confiar na memória. Em uma construção, o projeto organiza etapas, promove a lista do que comprar, o que executar primeiro, apenas para ter uma ideia. Na saúde, é preciso examinar para depois diagnosticar e só então medicar.

Com a educação não é diferente. Nosso problema está justamente na nobreza de nossa profissão: espera-se que tudo seja realizado com dedicação e carinho. Contudo, muitas vezes, nossas condições de trabalho são realmente complicadas.

Materiais de apoio

Para auxiliar nossa própria categoria, começamos a falar sobre Planos de aula. Depois abordamos o PPP, e agora chegamos ao Planejamento. Estes materiais têm o intuito de mostrar um pouco do que abordamos no curso Estruturando o Ensino com Projeto, Planejamento e plano.

Através do e-book gratuito Planejamento de Ensino: só mais trabalho para o professor fazer, você verá um pouco da base legal, e entenderá a tal da Base Nacional Curricular Comum. Principalmente, verá dicas com o que chamamos de tentativa de passo a passo para fazer a revisão do planejamento em sua escola. O objetivo é fazer com que o planejamento seja uma ferramenta de ajuda, e não mais uma atividade sem sentido que somos obrigados a realizar.

Faça o Download do e-Book Planejamento de Ensino

Utilize nosso material e compartilhe sua opinião conosco: suas ideias podem ajudar a preparar materiais ainda melhores!

Como citar este artigo em trabalhos acadêmicos, de acordo com as normas da ABNT:

MEDEIROS, Elita. Planejamento de Ensino, plano de aula, Projeto Político Pedagógico… afinal, é mesmo preciso planejar tanto? Plataforma Cultural, 2018. Disponível em: <http://plataformacultural.com.br/planejamento-de-ensino/>. Acesso em: dia, mês com três letras, exceto se for maio e o ano.

Comentários no Facebook