Dia da Abreugrafia – 04 de janeiro

Tempo de leitura: 3 minutos

O dia da Abreugrafia é comemorado no dia 04 de janeiro desde 1958. Naquele ano, em 03 de janeiro, o Presidente Juscelino Kubitschec lançou o Decreto nº 42.984, instituindo, “em todo Território Nacional, o dia da Abreugrafia, em homenagem ao Professor Manoel Dias de Abreu” (BRASIL, 1958).

Abreugrafia

O Dicionário Priberam de Língua Portuguesa ensina que abreugrafia é o “Método do cientista brasileiro Manuel de Abreupara fixar fotograficamente e em tamanho reduzido a imagem observada na radioscopia”.

Invenção de um médico brasileiro!

Dias de Abreu, inventor da Abreugrafia

Fonte: Academia Nacional de Medicina (s.d.).

abreugrafia recebe este nome por causa do seu inventor, o professor e médico Manoel Dias de Abreu (BRASIL, 1958).

Fioravanti (2015) conta a história em Retratos dos pulmões, esclarecendo, inclusive, sobre a biografia do Dr. Abreu.

o novo método ganhou o nome oficial de abreugrafia em 1939, como decisão unânime dos médicos que participaram do I Congresso Nacional de Tuberculose. A abreugrafia permitiu o diagnóstico e o tratamento precoce de pessoas com tuberculose que, embora sem sintomas, poderiam transmitir a doença para outras, desse modo ajudando a conter a disseminação da doença, controlada efetivamente com o uso de antibióticos, a partir da década de 1950 (FIORAVANTI, 2015, p. 01).

A técnica inventada pelo Dr. Abreu era de baixo custo e eficaz, e “a identificação também de sinais de câncer e doenças do coração, rapidamente se disseminou e foi incorporada pelos serviços públicos de saúde do Brasil e de outros países” (FIORAVANTI, 2015, p. 01).

É uma pena que o livro publicado pelo Dr. Abreu, na França, Radiodiagnostic dans la tuberculose pleuro-pulmonaire, em 1921, não esteja disponível em português, e mesmo os estudos sobre o professor e médico sejam apenas obras físicas.

O Dr. Abreu “foi indicado, pelo menos cinco vezes, para o Prêmio Nobel de Medicina. Reservou tempo ainda à poesia, publicando, entre outros, o livro ‘Substâncias’, ilustrado por Di Cavalcanti (ANM, s.d., p. 01).

É importante reconhecer o trabalho de um brasileiro na contribuição para o diagnóstico de doenças, principalmente quando o método desenvolvido por ele foi adotado no mundo todo.

Também vale lembrar que as datas comemorativas servem principalmente como alerta para o tema a que se refere. No caso do dia da abreugrafia, para a saúde dos pulmões. Você já fez alguma abreugrafia?

MEDEIROS, Elita. Dia da Abreugrafia – 04 de janeiro. Plataforma Cultural, 2018. Disponível em: <http://plataformacultural.com.br/dia-da-abreugrafia-04-de-janeiro/>. Acesso em: dia, mês com três letras, exceto se for maio e o ano.

REFERÊNCIAS

ABREUGRAFIA.  Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [on-line], 2008-2013. Disponível em: <https://www.priberam.pt/dlpo/abreugrafia>. Acesso em: 04 jan. 2018.

ACADEMIA NACIONAL DE MEDICINA. Manoel de Abreu (Cadeira nº 84). Disponível em: <http://www.anm.org.br/conteudo_view.asp?id=559>. Acesso em: 04 jan, 2018.

BRASIL. Decreto nº 42.984 de 03 de janeiro de 1958. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1950-1959/decreto-42984-3-janeiro-1958-381699-publicacaooriginal-1-pe.html>. Acesso em: 04 jan. 2018.

FIORAVANTI, C. Retratos dos pulmões. Revista Fapesp. Ed. 228. Fev. 2015. Disponível em: <http://revistapesquisa.fapesp.br/2015/02/18/retratos-dos-pulmoes/>. Acesso em 04 jan. 2018.

Comentários no Facebook